A França de Amaury Jr.

Todo mês, uma personalidade responde às nossas perguntas e nos conta o que a França representa para ela. Este mês, quem nos dá o seu testemunho é o jornalista e apresentador de televisão, Amaury Jr, conhecido pelos seus programas de entrevistas com celebridades.

JPEG
Imagem: Rede TV/divulgação

Quais são os seus laços com a França?

Todas. Primeiro, pelo notável prazer que é apreciar a cultura, a arquitetura, a gastronomia e o savoir-faire francês; depois por inúmeras reportagens que gravamos no Palácio de Versailles, em jantares estrelados promovidos pela saudosa Lily Marinho, no apartamento onde viveu Mademoiselle Coco Chanel e tantos outros endereços especiais garimpados pela nossa equipe.

Um lugar imperdível na França?

O Restaurante Allard, em Paris.

Qual a sua palavra predileta em francês?

Flûte – que tem tudo a ver com champagne.

Qual a personalidade francesa que prefere?

Coco Chanel.

Qual o pior defeito e a melhor qualidade dos Franceses?

Defeito? Todos nós temos! Agora qualidade... Acho que a elegância.

Se você tivesse que resumir a França em um livro, uma música ou um filme, qual seria?

O filme de Jacques Tati “Mon Oncle” ,

E o gosto da França (especialidades, pratos, sabores…)?
Champagne, claro!

Como você descreveria a França em três palavras?

Revolucionária, apaixonante, saborosa.

No Rio, qual o seu cantinho francês preferido?

Já fui algumas vezes ao Le Pré Catelan, do Sofitel, quando estava sob o comando do chef Rolland Villard. Claude Troisgros é incrível, mas recentemente fui a um bistrot, chamado Formidable, no Leblon, que tem uma cozinha francesa contemporânea magnífica.

Para você, o que simboliza o laço entre a França e o Brasil?

Significa cultura, moda, gastronomia, cores. Aliás, só de responder a esta entrevista já me deu vontade de embarcar para Paris.

publié le 26/01/2017

haut de la page