A escola pública bilíngue de Niterói recebe a certificação FrancEducation

A escola pública bilíngue CIEP 449 Leonel de Moura Brizola recebeu hoje, das mãos do Cônsul Geral da França no Rio de Janeiro, Brice Roquefeuil, a Certificação FrancEducation como reconhecimento da excelência de seu programa bilíngue francês-português.

Durante esta curta cerimônia, o Cônsul Geral da França no Rio de Janeiro, Brice Roquefeuil, inaugurou uma placa comemorativa e uma árvore foi plantada em homenagem à educação e ao meio ambiente, que é o tema central dos cursos de Biologia ministrados no Liceu Bilíngue.

JPEG
JPEG
JPEG
JPEG
JPEG

Discurso do Cônsul Geral

Senhoras, Senhores,

Estamos aqui reunidos para um evento educativo que é importante para a França, para o Brasil e principalmente para a Secretaria de Estado da Educação do Rio de Janeiro, cujos esforços dedicados ao desenvolvimento do ensino plurilinguístico estão dando seus frutos. A escola pública bilíngue CIEP 449 Leonel de Moura Brizola recebe hoje a Certificação FrancEducation, como um prêmio pela excelência de seu programa bilíngue francês-português.

O ensino público de línguas em Niterói

O ensino de idiomas na rede pública de Niterói é inovador e conta com polos de ensino da língua francesa tanto no âmbito do município quanto do Estado do Rio de Janeiro. Inicialmente, durante a gestão do prefeito Rodrigo Neves, a rede municipal instituiu em 2014 uma politica linguística ambiciosa e dinâmica: todas as escolas municipais passaram a ter aulas de línguas vivas, como inglês, espanhol ou francês. Desta forma, cerca de 3000 alunos com idades entre 6 e 12 anos estão aprendendo a falar o francês, em 7 escolas. Em seguida, a rede de ensino do Estado do Rio de Janeiro criou o programa “Duplas Escolas”, do qual o CIEP Leonel de Moura Brizola faz parte. Este programa se aplica a estabelecimentos inovadores, que tem como objetivo a integração dos alunos à vida profissional e uma maior abertura para o mundo.

A escola estadual bilíngue CIEP 449 Leonel de Moura Brizola

O projeto “Duplas Escolas” nasceu em 2011, inspirado por um modelo de ensino chamado Emile (Ensino de Matérias com Integração de uma Língua Estrangeira), que existe nos cursos bilíngues franceses. Este modelo de ensino foi proposto pelo Consulado geral da França no Rio de Janeiro e foi implementado em todas as escolas bilíngues que fazem parte do programa “Duplas Escolas”.

A escola de ensino médio Leonel de Moura Brizola foi inaugurada em fevereiro de 2014 e tem hoje 250 alunos em seu curso bilíngue francófono. O currículo inclui 18 aulas por semana de francês, ou lecionadas em francês, nas matérias: língua francesa; projeto de vida e cultura; e biologia.

O sucesso desta escola se deve principalmente à parceria criada entre a Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro e a Academia de Créteil na França, e se concretiza através do intercambio de professores: um professor francês de biologia vem para a escola de Niterói, enquanto um professor brasileiro de português vai para a escola de ensino médio de Noisy-le-Grand da Academia de Créteil, na França.
Foi firmada também uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação e o Consulado geral da França no Rio de Janeiro, assegurando o treinamento didático e linguístico das equipes de professores, bem como especializações pedagógicas e documentais.

A certificação FrancEducation

Que certificação é essa, que vem coroar um programa educativo exemplar?

Lançada em 2012, a certificação FrancEducation é concedida aos estabelecimentos escolares estrangeiros que participam, através de seus programas educativos, da divulgação da língua e da cultura francesas. A certificação reconhece e valoriza as escolas que oferecem aos seus alunos um ensino reforçado da língua francesa, além de aulas de outras matérias em francês também. O objetivo é a promoção de um ensino bilíngue francófono de alta qualidade nos países estrangeiros, junto aos alunos e aos seus pais. Em 2016, contamos com 158 escolas certificadas no mundo inteiro. Na América do Sul são 4 escolas, sendo que a primeira a ser reconhecida foi no Brasil, aqui em Niterói.

Entre os critérios de seleção para a atribuição da certificação, a preparação dos professores tem um papel primordial. Os professores do CIEP 449 Leonel de Moura Brizola são formados tanto na matéria de sua especialização quanto em francês, e seguem um programa de aperfeiçoamento contínuo. Os treinamentos são oferecidos pela Embaixada da França e também pela Aliança Francesa de Niterói. A certificação também leva em conta o nível de aprendizado dos alunos, que são avaliados para a obtenção dos diplomas de língua francesa DELF-DALF, através de provas realizadas na Aliança Francesa de Niterói, e recebem certificados emitidos pelo Ministério da Educação Nacional da França.

Para terminar, a escola dispõe no Rio de Janeiro de um ambiente francófono rico, (com recursos educativos, parcerias escolares, ofertas de intercâmbios, parcerias culturais...). Podemos citar, por exemplo, os encontros periódicos e projetos em comum entre a escola francesa do Rio de Janeiro e a escola estadual bilíngue Leonel de Moura Brizola. Além de representar o reconhecimento de um programa educativo de excelência, esta certificação proporciona visibilidade internacional ao CIEP 449 Leonel de Moura Brizola, que passou a fazer parte da rede mundial de escolas bilíngues francófonas de excelência.

Seu sucesso é o resultado do trabalho de uma equipe exemplar, e eu quero dar os parabéns a todos os integrantes brasileiros e franceses (como a Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro, a diretora da escola, os professores, os alunos e suas famílias, a escola francesa, a Aliança francesa, o consulado e a embaixada da França), que tanto se esforçaram pela a realização deste projeto. Graças ao entusiasmo e à dedicação de cada um de vocês, foi possível fazer com que Niterói e esta escola sejam hoje um dos polos da francofonia no Brasil.

publié le 23/12/2016

haut de la page