Exposição A Terra vista do Céu

Exposição de fotos ao ar livre “A Terra Vista do Céu” de Yann Arthus-Bertrand chega pela primeira vez ao Brasil na Cinelândia, como prelúdio ao “Rio+20”

JPEG - 1.7 MB

O meio ambiente visto por outro olhar, por um ângulo diferente. Esse é o foco da exposição “A terra vista do Céu” do fotógrafo francês Yann Arthus-Bertrand, que chegou pela primeira vez ao Brasil no dia 27 de abril, na Cinelândia, no Rio, onde permanecerá até o final de junho.

A céu aberto, a mostra revela tanto as belezas do mundo inteiro quanto a degradação da natureza, causada pelas ações do homem. Durante dois meses, o público poderá admirar gratuitamente as 130 imagens, de grandes dimensões, tiradas de helicópteros. Essas imagens revelam um novo planeta: incrivelmente belo e, ao mesmo tempo, terrivelmente frágil.

JPEG - 1.6 MB

A exposição é uma iniciativa do Consulado Geral da França no Rio de Janeiro em parceria com a Prefeitura da Cidade, produzida pela agência Bonfilm. Recebe ainda o apoio do Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet, patrocínio das empresas Abbott, DCNS, BNDES, EDF | UTE Norte Fluminense, GEFCO, Lafarge, Michelin, Grupo Pão de Açucar | Casino, Total, Veolia Water Brasil |CLE e o apoio técnico da Sub-Prefeitura do Centro. Outras empresas poderão participar desse evento, pois, a partir do segundo semestre, a exposição estará disponível para ser apresentada em outras cidades do país.

A “Terra vista do céu” conta ainda com um projeto educativo, em parceria com o Centro Cultural Justiça Federal e a Ong CIEDS através do Projeto Bairro Educador que durante 30 dias pretende oferecer atividades pedagógicas voltadas para a educação ambiental para cerca de cinco mil estudantes.

Além disso, serão realizadas visitas guiadas e exibição do filme “Home – Nosso Planeta, Nossa Casa”, de Yann Arthus-Bertrand, em sessões populares também no CCJF.

RIO+20

Vista por mais de 120 milhões de pessoas em 110 países, a mostra propõe uma reflexão sobre a evolução do planeta, 20 anos após a realização da “Eco 92”, que desencadeou o trabalho do fotógrafo. “A conferência ECO 92 realmente mudou a minha vida”, relata Yann Arthus-Bertrand. “Percebi que a Terra se transformava diante dos meus olhos e então, comecei o meu trabalho ‘A Terra vista do céu’. É muito simbólico para mim voltar ao Rio nesse momento e apresentar essa exposição que oferece uma visão geral do que realmente mudou nos últimos 20 anos.”

Às vésperas do evento “Rio+20” (13 a 22 de junho de 2012), conferência das Nações Unidas sobre desenvolvimento sustentável e economia verde, a exposição funcionará como um prelúdio da cidade ao evento, contribuindo de forma lúdica e crítica para o debate sobre temas tão fundamentais para o futuro do planeta.

Durante essa cúpula, a ser realizada em junho, o fotógrafo apresentará ainda em pré-estreia mundial o seu último filme, “Planeta Oceano”. A produção aborda as principais questões envolvendo os oceanos e incentiva uma governança mundial dos mares e sua biodiversidade, demonstrando a urgência de impor uma agenda “azul” às instituições e conferências internacionais.

JPEG - 2.4 MB

Yann Arthus-Bertrand

Fotógrafo, jornalista e ambientalista Yann Arthus-Bertrand, natural da França, desde a infância se interessa pela natureza e a vida selvagem. Ainda na adolescência tornou-se assistente de direção de filmes, mas largou o cinema para gerenciar um parque ambiental no sul da França. Aos 30, mudou-se para o Quênia com o objetivo de estudar o comportamento dos leões. Lá, viveu numa reserva ambiental por três anos e descobriu a paixão pela fotografia. Após 35 anos dedicados à arte de observar o planeta, tem publicado mais de 60 livros com retratos feitos ao redor do mundo, sempre a bordo de helicópteros e balões.

Desde 2005, é presidente da Fundação “Good Planet”, cuja missão é a luta contra as mudanças climáticas através do programa Action Carbone, que propõe a implementação de ações para reduzir e compensar emissões de gás carbônico, além de atuar na educação ambiental e projetos culturais. Todo o projeto “A Terra Vista do Céu” faz compensação de carbono através do investimento em projetos de reflorestamento e de energia renovável para compensar as emissões de gases de efeito estufa geradas.

Parceiros
Exposição no Rio de Janeiro

• Realização: Embaixada da França no Rio de Janeiro, Ministério da Cultura (Lei Rouanet), Prefeitura do Rio de Janeiro.

• Patrocínio - BNDES

• Copatrocinadores: Abbott, DCNS, GEFCO, Grupo Pão de Açucar | Casino, EDF | UTE Norte Fluminense, Lafarge, Michelin, Total e Veolia Water Brasil |CLE.

• Patrocínio do catálogo: EDF | UTE Norte Fluminense

• Produção: Bonfilm

A terra vista do céu

Com o Alto Patrocinio da UNESCO, apoio da Fujifilm, da Air France e da Eurocopter.

www.yannarthusbertrand.org

publié le 08/05/2012

haut de la page