FRANCESES PARTICIPAM DA FLUPP

JPEG

A FLUPP, "Festa Literaria Internacional das UPPs" é um festival literário criado em 2012 no Morro dos Prazeres.

Ela propõe uma programação literária de qualidade em locais geralmente excluídos dos circuitos culturais, a um só tempo para democratizar o acesso à cultura, tentar reunificar simbolicamente a « cidade partida » que é o Rio de Janeiro e promover novos autores .

Antes do Festival propriamente dito, oficinas de escrita e encontros literários foram realizados todos os sábados de 2013 em um percurso que incluiu inúmeras comunidades da cidade.

A FLUPP ganhou em 2012 o prêmio « Faz a Diferença » do Globo e recebe o apoio explícito da Festa Literária de Paraty – FLIP, o maior festival literário da América Latina.
A FLUPP deu também origem ao ciclo de conferências sobre a violência, concebido por Adauto Novaes para a Polícia Militar do Rio.

Três autores franceses convidados
  • Julie Maroh, autora da história em quadrinhos « Le Bleu est une couleur chaude », que será lançada no Brasil pela Martis Fontes por ocasião da FLUPP será uma das convidadas especiais.Seu livro inspirou o realizador Abdelatif Kechiche em seu filme premiado em Cannes "La Vie d’Adèle". Discreta neste aspecto, Julie Marohpublicou suas impressões sobre este "caminho da HQ até o filme" ; ele pode ser consultado em seu blog :http://www.juliemaroh.com/->http://www.juliemaroh.com/].

JPEG
Julie Maroh (Foto de divulgação

  • Jean-Yves Loude apresentará suas "Pépites brésiliennes", narrativas escritas a partir de histórias da cultura afro-brasileira recolhidas durante uma viagem realizada em 2010 e lançadas por Actes Sud em 2013.

    JPEG
    Jean-Yves Loudes (Photo de diffusion)

  • O desenhista de histórias em quadrinhos Gilles Roussel, alias Boulet, também participará da FLUPP com uma oficina no âmbito da programação para adolescentes do festival. Desde 1998, Boulet participa regularmente da revista Tchô. Em 2001, publica sua primeira história , Raghnarok. Que será seguida por várias séries : La Rubrique scientifique, Le Miya et Womoks (com Reno no desenho). Em julho de 2004, lança um blog desenhado na internet, http://www.bouletcorp.com/ que lhe permite se tornar rapidamente conhecido. É também co-fundador do blog coletivo em 2006 com Domitille Collardey, Olivier Tallec et Aude Picault, aos quais se reunirão em seguida Lisa Mandel, Erwann Surcouf et Ohm. O blog terminou em 2008 e foi seguido pela publicação de um álbum pelas edições Delcourt, coleção Shampooing. Bouletsubstituiu Lewis Trondheim no desenho da história em quadrinhos Donjon Zenith. A popularidade se seu blog na internet o tornou padrinho da primeira edição do Festival des blogs HQ em Paris, em 2005. Os desenhos feitos para seu blog começaram a ser publicados em 2008, sob a forma de álbuns com o título Notes.

JPEG
Auto-retrato de Boulet

Informação prática :
Maiores informações no site da FLUPP : http://www.flupp.net.br/

Também no portal Bibliofrança : www.bibliofranca.org.br

publié le 26/01/2015

haut de la page