Inauguração do Prédio Principal de Montagem final das Seções de submarinos, no estaleiro naval de Itaguaí

Nesta sexta-feira dia 12 de dezembro de 2014, o Prédio de Montagem final das Seções de submarinos, localizado na área Sul do estaleiro naval de Itaguaí, foi inaugurado, vinte e um mês após a unidade de fabricação de estruturas metálicas (UFEM- Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas). Esta inauguração contou também com a presença de Sua Excelência, a Presidenta da República Federativa do Brasil, a Senhora Dilma Rousseff, o que é fonte de grande honra para todos os atuantes no programa PROSUB, sejam eles brasileiros em primeiro lugar, sejam eles franceses.

JPEG
O Embaixador da França, Denis Pietton, cumprimenta a Presidente Dilma Rousseff.

Inauguration du hall d'assemblage final des sous-marins, sur le chantier naval d'Itaguaí - JPEG

Inauguration du hall d'assemblage final des sous-marins, sur le chantier naval d'Itaguaí - JPEG

O Prédio de Montagem final foi construído no âmbito do programa PROSUB, em conformidade com o contrato firma-do pela Marinha do Brasil com o Consórcio industrial, constituído da empresa brasileira de Obras Públicas, Odebrecht, e de seu parceiro DCNS, referência francesa em se tratando de construção naval. É nesta unidade que será realizada a integração final dos equipamentos e sistemas componentes dos submarinos até a sua finalização para os ensaios tanto no cais quanto no mar. No processo de construção dos submarinos, este prédio representa a etapa seguinte à da UFEM.

As dimensões deste Prédio permitirão a construção de dois submarinos simultaneamente, contribuindo desta forma para que o Brasil seja possuidor de uma ferramenta industrial de suma importância.

As demais infraestruturas do estaleiro naval assim como as instalações e prédios da base naval, estão inclusive em fase de realização, sempre atendendo ao programa PROSUB, e conforme ao calendário previsto, o que possibilitará dispor da totalidade destas obras civis nos prazos necessários para garantir a realização, o emprego operacional e a manutenção dos submarinos da Marinha do Brasil.

A França, por meio da indústria francesa, envolvida na realização deste Prédio de Montagem bem como na cooperação vigente entre os governos francês e brasileiro, tem orgulho de acompanhar o Brasil na construção do estaleiro naval e da base naval de Itaguaí.

O programa PROSUB de submarinos brasileiros, programa estratégico para a Marinha do Brasil, consiste para o Brasil em se dotar de submarinos modernos e adquirir as tecnologias correspondentes bem como desenvolver toda a base industrial e tecnológica da defesa associada. Enquanto uma parte do casco do primeiro submarino foi realizada na França, o resto deste mesmo casco, assim como os outros submarinos, serão, eles, integralmente feitos no Brasil graças às transferências de tecnologia consentidas pela França, e em particular, pela DCNS.

Portanto, PROSUB apresenta-se como a prova absoluta das vontades francesa e brasileira em cooperarem de forma sustentável e estabelecerem uma relação de parceria equilibrada mediante um real compartilhamento de tecnologia. Ele corresponde plenamente à parceria estratégica que une a França e o Brasil desde o ano de 2008.

 Ingénieur général de l'armement Jean-Christophe Noureau, Denis Pietton, Ambassadeur de France, Celso Amorim, Ministre de la défense du Brésil, Amiral Julio Soares de Moura Neto, Commandant de la marine brésilienne, Hervé Guillou, PDG de DCNS. - JPEG
Ingénieur général de l’armement Jean-Christophe Noureau, Denis Pietton, Ambassadeur de France, Celso Amorim, Ministre de la défense du Brésil, Amiral Julio Soares de Moura Neto, Commandant de la marine brésilienne, Hervé Guillou, PDG de DCNS.

Brice Roquefeuil, Consul Général, Amiral Moura Neto, Commandant de la marine brésilienne, Hervé Guillou, PDG DCNS, Ingénieur général de l'armement Jean-Christophe Noureau, Celso Amorim, Ministre de la défense du Brésil, Pascal Le Roy, Président ICN, Eric Berthelot, Directeur DCNS do Brasil, Olivier Dugast, Attaché d'armement, Capitaine de vaisseau Yannick Rest, Attaché de défense et naval, Capitaine de frégate Pierre-Louis Hays. - JPEG
Brice Roquefeuil, Consul Général, Amiral Moura Neto, Commandant de la marine brésilienne, Hervé Guillou, PDG DCNS, Ingénieur général de l’armement Jean-Christophe Noureau, Celso Amorim, Ministre de la défense du Brésil, Pascal Le Roy, Président ICN, Eric Berthelot, Directeur DCNS do Brasil, Olivier Dugast, Attaché d’armement, Capitaine de vaisseau Yannick Rest, Attaché de défense et naval, Capitaine de frégate Pierre-Louis Hays.

Inauguration du hall d'assemblage final des sous-marins, sur le chantier naval d'Itaguaí - JPEG

publié le 15/12/2014

haut de la page