Ministra francesa visita Maracanã

No âmbito da visita de Estado do Presidente da República, François Hollande, ao Brasil, o ministro brasileiro de esportes, Aldo Rebelo, e Valérie Fourneyron, ministra francesa de Esportes, Juventude, Educação popular e Vida associativa,assinaram um acordo, em Brasília, visando reforçar a cooperação bilateral na área de esportes.

A viagem terminou com uma parada no Rio de Janeiro, na sexta-feira, dia 13 de dezembro_

Preparativos para as Olimpíadas de 2016

JPEG
A Ministra de Esportes, Juventude, Educação popular e da Vida associativa, Valérie Fourneyron e o Cônsul Geral da França, Brice Roquefeuil, no Maracanã.

O programa da ministra no Rio contou com encontros com autoridades locais e visita do estádio do Maracanã. No mítico estádio carioca, a ministra declarou : "Estou impressionada com a proporção das obras em curso para os Jogos Olímpicos; trata-se de obras estruturais que trarão inúmeros benefícios para a população, sobretudo em termos de mobilidade urbana".

Em seguida, a ministra se encontrou com o Embaixador Agemar Sanctos, Diretor de relações institucionais do Comité Rio 2016, com Laudemar Aguilar, Diretor de relações internacionais da Prefeitura do Rio, e Luis Salamanca, responsável pelos Jogos ao lado do secretário estadual de esportes.

Valorizando o "savoir faire français"

_
JPEG

A ministra responde a algumas questões de jornalistas sobre as oportunidades para as empresas francesas com as Olimpíadas no Rio de Janeiro em 2016.

“Inúmeras empresas francesas irão participar ativamente dos preparativos e da organização dos Jogos Olímpicos no Rio :

  • A francesa Atos assinou um contrato para a gestão da área de informática durante o evento ;
  • A GL Events colocará o Centro de Exposições do Rio Centro à disposição do evento ;
  • A Nissan (empresa com 44% de participação da francesa Renault), que se instalou recentemente em Resende-RJ, vai fornecer mais de quatro mil e quinhentos carros para transporte das equipes técnicas e dos atletas ;

Nossas empresas também estão presentes em diversos projetos de planejamento de infraestruturas de transportes ou hoteleiras ligados aos Jogos Olímpicos;

  • A Alstom fornecerá o sistema e material para a construção do futuro sistema de transporte tramway ligando o Porto Maravilha ao centro da cidade, além de fornecer oitenta trens para a Supervia ;
  • No que diz respeito à infraestrutura, a GL Events, concessionária do Rio Centro, está alugando uma parte de suas instalações para o Comité Olímpico e está construindo um novo hotel da rede Accor ;
  • A Accor vai inaugurar uma dezena de hotéis no Rio até 2016 ( IBIS), entre outros.

Valérie Fourneyron também reafirmou o desejo de acompanhar as empresas francesas na conquista de novos mercados, empresas com experiência nas áreas de infraestrutura de transporte, de gestão, segurança , equipamentos esportivos, e também em comunicação, marketing, bilheteria.

Uma experiência comprovada! Sua promoção é garantida graças ao site vitrine « Meet the best french companies in international sporting events », hospedado no portal You Buy France, www.ubifrance.com.

Fonte : http://www.sports.gouv.fr/accueil-du-site/a-la-une/article/La-France-et-le-Bresil-confortent-leurs-liens-dans-le-sport

publié le 26/01/2015

haut de la page