Primeira edição do concurso EDF-AREVA "Public Acceptance Competition"

A FGV recebeu, no dia 10 de maio, a cerimônia de premiação do concurso EDF-AREVA Public Acceptance Competition.

PNG

A competição, realizada pela primeira vez no Brasil, foi organizada pela Électricité de France (EDF) e pela Areva, em parceria com o Programa de Engenharia Nuclear da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e teve como propósito reunir os alunos em torno de um tema crucial para o desenvolvimento do programa nuclear, com a intenção de promover uma melhor compreensão sobre sua importância e benefícios na matriz energética nacional e, portanto, desenvolver uma maior aceitação junto à população.

Estudantes de diversas áreas trabalharam no tema por três meses e foram convidados a criar uma campanha de comunicação ou um plano de envolvimento das partes interessadas, afim de aumentar a conscientização e a aceitação pública a respeito da construção de novas usinas nucleares.

O tema foi escolhido pela EDF e AREVA e levou em consideração a importância da opinião pública no Brasil, especialmente se o país pretende diversificar sua matriz energética e desempenhar um papel ativo no sentido de limitar o aumento da temperatura global em 2°C, conforme acordo na Conferência das Nações Unidas de Paris COP21. A expectativa é que, até 2050, pelo menos 80% da eletricidade do mundo deverá ser produzida a partir de fontes com baixa emissão de carbono.

O concurso EDF-AREVA reuniu cerca de 100 universitários organizados em 50 equipes. Os vencedores terão a oportunidade de viajar para a França e visitar instalações nucleares, encontrando-se com especialistas franceses da área.

fonte e foto: FGV

publié le 17/05/2016

haut de la page