Visita de Manu Dibango, Grande Testemunha da Francofonia, ao Rio de Janeiro

Nomeado como Grande Testemunha da Francofonia para os Jogos Olímpicos de 2016, o saxofonista Manu Dibango veio ao Rio de Janeiro com a comitiva da Organização Internacional da Francofonia, para assinar um acordo de cooperação para a promoção da língua francesa durante a Rio2016.

JPEG
Foto: Fernando Lemos / Agência O Globo

5 dias no Rio: encontro com as autoridades olímpicas e homenagem a Zumbi dos Palmares

Durante a sua estadia no Rio, Manu Dibango participou do espetáculo “Rodízio de Contadores de Histórias” (Rodéo des Conteurs) na Aliança Francesa da Tijuca, e teve a oportunidade de se reunir com o Embaixador da França, Laurent Bili, com a equipe do Consulado da França no Rio de Janeiro e com as autoridades olímpicas da Rio2016.

Junto com o Adido Olímpico Alexandre Bazire, a equipe da OIF visitou o futuro Club France na Sociedade Hípica Brasileira, espaço que receberá diversos eventos culturais e onde se reunirá a imprensa francesa. “Vamos poder fazer muitas coisas boas neste lugar maravilhoso!” comentou Manu Dibango.

JPEG

Como estava no Rio dia 20 novembro, data das homenagens a Zumbi dos Palmares, dia da Consciência Negra, o embaixador da Francofonia aproveitou para visitar no Centro da cidade os lugares que guardam a memória dos tempos da escravidão no Brasil. “Eu não conhecia essa parte da história do Brasil, e muitas coisas foram feitas para que ela fosse esquecida, mas nós podemos ter uma relação sem complexos com esta herança.”, analisou o músico camaronês. A equipe da OIF visitou o Cais do Valongo e o cemitério dos “Pretos Novos”, no bairro que está sendo inteiramente revitalizado. “Aqui estou descobrindo as raízes africanas do Brasil, principalmente na culinária”, disse ele depois de saborear um delicioso Bobó de Camarão.

Um acordo de parceria para a promoção da língua francesa durante os Jogos Olímpicos

Na segunda-feira de manhã, Manu Dibango esteve na sede do Comitê Organizador do Rio2016 para assinar um acordo para a promoção da Francofonia durante os Jogos. Mario Andrada, Diretor de Comunicações da Rio2016, descreveu os três campos de atividade desta parceria com a OIF: os serviços linguísticos, a ampliação do ensino da língua francesa nas escolas e os acordos de comunicação por intermédio de um site em francês.

“Esta parceria vai garantir a presença o lugar da língua francesa durante os jogos, e vai permitir também que sejam desenvolvidas diversas ações conjuntas nos âmbitos cultural, educativo e esportivo, a fim de promover o plurilinguismo e o multiculturalismo”, disse Manu Dibango.

O Presidente do Comitê Organizador do Rio2016, Carlos Nuzman afirmou estar encantado de poder trabalhar com Manu Dibango, que é o primeiro artista e o primeiro africano a receber a incumbência de ser uma Grande Testemunha da Francofonia, ressaltando a importância das relações passadas e presentes entre o Brasil e o continente africano.

“Para o Brasil, a escolha de Manu Dibango é muito importante, pois a música é um ponto alto do diálogo entre as culturas. O Comitê Organizador dos Jogos trabalhará de maneira intensiva com a Grande Testemunha da Francofonia, para garantir que os serviços linguísticos oferecidos aos atletas, aos oficiais, aos jornalistas e ao grande público o sejam efetivamente em francês, que junto com o inglês é um dos dois idiomas oficiais dos Jogos Olímpicos modernos”, declarou Carlos Nuzman.

Depois de sua passagem pelo Rio de Janeiro, Manu Dibango esteve em Brasília, onde se encontrou com autoridades politicas brasileiras e com os embaixadores dos Estados e governos membros da Francofonia, para discutir com eles as diretrizes de sua nova função.

JPEG
No encerramento da entrevista coletiva com a imprensa internacional, a Orquestra Ciclofonica tocou musicas populares brasileiras, dando a todos a oportunidade de assistirem ao talentoso saxofonista Manu Dibango, que os acompanhou no palco.

De hoje até o seu retorno em 20 de março de 2016 para o dia da francofonia, Manu Dibango deseja preparar uma programação para fazer com que os Jogos sejam um grande evento francófono.

Manu Dibango é a 7ª Grande Testemunha da Francofonia. Nesta missão, ele é o sucessor do Secretário perpétuo da Academia francesa, Hélène Carrère d’Encausse (Jogos de Sotchi 2014), da atual Secretária geral da Francofonia e ex-Governadora geral do Canadá, Michaëlle Jean (Londres 2012), do ex-Presidente da Confederação Suíça, Pascal Couchepin (Vancouver 2010), do ex-Primeiro-Ministro francês, Jean-Pierre Raffarin (Pequim 2008), de Lise Bissonnette (Turin 2006), e de Hervé Bourges (Atenas 2004).

+ para baixar o comunicado de imprensa de Manu Dibango

PDF - 263.9 KB

+ para baixar o comunicado sobre a Assinatura do Acordo

Word - 15.4 KB

publié le 25/11/2015

haut de la page