- Visto de Permanência “Competências e Talentos”

A criação do visto de permanência “Competências e Talentos” (CCT em francês) pela lei de 24 de julho de 2006 relativa à imigração e à integração inscreve-se no âmbito das novas orientações dadas à política de imigração, que consiste especialmente no desenvolvimento da atratividade do território francês favorecendo a mobilidade e a circulação das competências. A circular de 1º de fevereiro de 2008 estabeleceu as condições de sua expedição após deliberação da comissão nacional das competências e talentos.

Critérios de seleção:

- Nenhuma competência ou talento está excluída a priori, na medida em que apresenta um interesse para a França e o país de origem do beneficiário;

- O requerente deve possuir necessariamente um projeto e ter a capacidade de realizá-lo;

- O projeto profissional pode ser o exercício de uma atividade assalariada (contrato de trabalho), industrial, comercial ou artesanal, ou de profissão independente;

- Um projeto unicamente de estudos não será levado em conta;

- O CCT poderá ser expedido a um investidor criador de atividades cujo projeto resulte na criação de pelo menos 2 empregos, ou comporte um investimento em imobilizações corporais ou incorporais de pelo menos 300.000 euros, ou que seja financiado por uma empresa estrangeira criada há 2 anos ou já implantada na França;

• As profissões de altas qualificações e os diplomas de mestrado terão prioridade;

- Com exceção dos artistas e desportistas, um candidato sem experiência profissional portador de um nível de formação inferior à licenciatura não será aceito.

Constituição do dossiê:

Os requerentes estabelecidos fora da França devem entregar seu dossiê à autoridade consular francesa competente de seu local de residência (Brasília, Rio de Janeiro ou São Paulo) que lhe comunicarão a lista dos documentos a fornecer.

publié le 24/01/2013

haut de la page